Tratamentos para Pré Diabetes – O que fazer

Tratamentos para Pré Diabetes - O que fazer

O que fazer para evitar o diabetes tipo 2

Então você teve alguns sintomas e após uma pesquisa, desconfiou que está com pré diabetes. Após ir ao médico e fazer um exame de glicemia, constatou que está alta.
O seu médico só lhe disse que você tem pré diabetes. Isso significa que há uma boa chance de você ter o diabetes tipo 2, mas você não precisa se preocupar. Pois há uma muitos tratamentos para pré diabetes e fomas de prevenir o diabetes tipo 2.

Concentre-se agora nas coisas que você pode mudar, como sua dieta e atividade física.

Não vamos falar sobre as coisas que você não pode fazer a respeito, como por exemplo, sua idade ou o histórico familiar.

Pré diabetes como reverter

Pré diabetes como reverter
Pré diabetes como reverter

Perder aqueles quilinhos a mais, comer melhor, e praticar alguma atividade física, são alguns dos passos mais importantes que você pode tomar agora.

Há pessoas que não estão com sobrepeso que têm diabetes tipo 2. Mas o excesso de peso extra pode te colocar em risco.

Em um estudo revelou que o excesso de peso ou pessoas com tendencias a  obesidade, foi a causa mais importante do diabetes tipo 2.

Os resultados do estudo mostraram que pessoas com mais de 16 anos,
que não só praticam algum exercício (pelo menos 30 minutos por dia, 5 dias por semana) mas também, tem uma dieta com baixo teor de gordura e alto teor de fibras ajudou a prevenir o diabetes tipo 2.

Tratamentos para Pré Diabetes

Tratamentos para Pré Diabetes
Tratamentos para Pré Diabetes

Pré diabetes Metformina

Se você tem alto risco da doença, certamente o médico pode indicar alguns medicamentos para diabetes, de forma a inciar os tratamentos para pré diabetes.

Vários estudos comprovam que não só alguns remédios para diabetes e  algumas drogas, bem como, a dieta e atividade física, são tratamentos para pré diabetes indicados.

Um estudo mostrou que as pessoas com maior probabilidade de ter diabetes poderia diminuir suas chances em 31%, com o uso da metformina. Uma medicação comum nos tratamentos para diabetes

Isso é bom. Mas o estudo também mostrou que a dieta e atividade física diária são os melhores tratamentos para pré diabetes.

Pré diabetes o que fazer

Talvez, você não só  precise de um nutricionista, para fazer uma dieta para pré diabético, mas também, contratar um profissional de educação física. Então, se matricular em uma academia próxima a sua casa é a melhor opção.

Quando seu médico lhe disser que você tem pré diabetes, você pode pensar que tudo está perdido, pois o pré diabetes não tem cura. Mas como tem vários tratamentos para pré diabetes, você deve dar incio agora as medidas de prevenção e assim, evitar o diabetes tipo 2.

O que você precisa fazer é levar o pré diabetes a sério. Ainda dá tempo para reverter a situação, mas… se você começar a se prevenir agora.

Pré diabetes como cuidar

O seu objetivo agora é manter os níveis normais de açúcar no sangue  e assim, fora da faixa de pré diabetes e manter o controle.

A sua rotina diária de atividade físcia e alimentação faz uma grande diferença.

Fazer mudanças no seu estilo de vida pode ser ainda mais poderoso do que apenas tomar medicação para o diabetes.

Foi o que aconteceu em um grande estudo chamado de Programa Diabetes Controlada.

As pessoas com pré-diabetes que perderam uma pequena quantidade de peso através de dieta e exercício diminuíram as chances de ter diabetes tipo 2 em 58%, comparado a 31% com as pessoas que só tomaram a metformina.

Como prevenir o pré diabetes

Como prevenir o pré diabetes
Como prevenir o pré diabetes

1. PERDER PESO

Se você tem excesso de peso, emagrecer é a chave para prevenir o pré diabetes e diabetes tipo 2.

A pesquisa mostra que perder apenas de 5% a 10% do seu peso corporal é  suficiente para ter os níveis normais de açúcar no sangue. Assim sendo, controlando a glicemia, a fim evitar o diabetes tipo 2 ou pelo menos atrasar o seu aparecimento.

Então, limite o tamanho das refeições; cortando assim calorias; e comendo menos alimentos ricos não só em gordura saturada, bem como o açúcar e carboidratos de alto índice glicêmico.

Leia: alimentos com baixo índice glicêmico

Você também deve comer uma grande variedade de frutas, legumes, proteínas magras e cereais integrais.

Participar de um programa de controle do diabetes pode fazer diferença na prevenção do pré diabetes, e assim também evitar o seu desenvolvimento.

2. FAÇA DO EXERCÍCIO FÍSICO UM HÁBITO.

Levar uma vida ativa para prevenir o pré diabetes é uma obrigação.

30 minutos de atividade aeróbica (exercícios que aumentem o batimento cardíaco, como caminhar, andar de bicicleta ou natação) 5 dias por semana.

Além disso, fazer exercícios de força, como a musculação, ou em alguns casos, treinamento com elásticos, pelo menos duas vezes por semana.

A musculação , bem como o pilates, aumenta a massa muscular. E não apenas ajuda a diminuir o nível de açúcar no sangue mas também faz o corpo a responder melhor à insulina. Acima de tudo, queima calorias mesmo quando você não está treinando.

3. pare de fumar

Fumar está fortemente ligada à diabetes:

Os fumantes são de 30% a 40% mais propensos a desenvolver diabetes tipo 2 do que os não fumantes.

E as pessoas com diabetes que continuam fumando são mais propensos a desenvolver complicações, como doenças cardíacas e cegueira. Então, quanto mais cedo você parar de fumar, o melhor.

Tratamentos para pré diabetes com medicação

Tratamentos para pré diabetes com medicação
Tratamentos para pré diabetes com medicação

Embora as mudanças no seu estilo de vida possam fazer maravilhas, algumas pessoas com pré-diabetes também precisam de medicação.

Seu médico pode prescrever a metformina se tiver alguns fatores de risco, tais como os baixos níveis de HDL (“bom”) colesterol, altos triglicérides (um tipo de gordura sangue). Sobretudo, se você tem um pai ou irmão com diabetes, ou se está acima do peso.

Se você for tomar metformina, você precisa do acompanhamento do seu médico.

Tratamentos para pré diabetes – Cirurgia

A cirurgia bariátrica pode fazer uma grande diferença para as pessoas com pré diabetes.

Em algumas pessoas, os níveis de açúcar no sangue voltam ao normal rapidamente ( às vezes dias após a cirurgia).

Isso pode significar que você vai precisar de menos medicação ou mesmo de nenhuma.

A pesquisa mostra melhorias na pré diabetes e diabetes tipo 2 após a cirurgia bariátrica.

Um estudo de longo prazo feito em 400 pessoas com diabetes tipo 2. Seis anos após a cirurgia bariátrica, 62% não apresentaram sinais de diabetes.

Bem como, tinham melhorado a pressão arterial, e níveis normais de colesterol e de triglicerídeos.

Em comparação, apenas  de 6% a 8% das pessoas que tomaram medicamentos, mas não fizeram a cirurgia, mostrou resultados semelhantes.

Se você está pensando em fazer a cirurgia bariátrica, esteja pronto para fazer grandes mudanças em sua vida. Nem todas as pessoas com excesso de peso são indicadas para a cirurgia.

Além de das complicações da cirurgia, um estudo mostrou que 30% das pessoas que fizeram, tiveram retrocesso e recuperam o peso perdido.

Chá da vida
O Chá da Vida é um extrato concentrado de plantas selecionadas e de excelentes qualidades, traz diversos benefícios ao organismo, mostrou-se muito eficiente ao diabético por tratar o pâncreas e aumentar a produção natural de insulina.

Conclusão:

O  tratamento do pré diabetes pode incluir não só medicamentos, mas como também, medicina alternativa, e remédios naturais.

Terapias alternativas abrangem uma variedade de disciplinas que incluem, desde a dieta e exercício físico, mudanças de vida e mentais.

Exemplos de tratamentos para o pré diabetes incluem acupuntura, imaginação guiada, Quiropraxia, yoga, hipnose, biofeedback, aromaterapia, exercícios de relaxamento, remédios de ervas, massagem, e muitos outros.

O Programa Diabetes Controlada faz parte do Instituto Nacional de Estudos da Obesidade e Doenças Crônicas (INEODOC), que define a medicina complementar e alternativa como um dos melhores tratamentos para pré diabetes.

Um grupo de médicos apoiam as práticas e métodos que não são considerados medicina convencional.

A medicina complementar é usada junto com tratamentos convencionais. Ao passo que a medicina alternativa é usada no lugar da medicina convencional.

Algumas pessoas com diabetes usam terapias complementares ou alternativas para o tratamento do pré diabetes.

Embora algumas destas terapias podem ser eficazes, outras podem ser ineficazes ou mesmo prejudiciais.

Os pacientes que usam a medicina complementar e alternativa precisam informar ao seu médico o tratamento que estão realizando.

 

Deixe uma resposta