...

Qual a relação da cárie com a alimentação?

Qual a relação da cárie com a alimentação

A cárie certamente é um dos problemas bucais mais comuns, que acomete grande parte da população brasileira e do mundo.

O surgimento desse problema, está muito relacionado com os cuidados bucais que as pessoas têm no seu dia a dia e, principalmente, com a alimentação.

Neste artigo, veremos de que forma as cáries estão relacionadas com a dieta alimentar das pessoas, de que forma elas surgem, como elas podem afetar os dentes, quais são as consequências e muito mais.

Primeiro, entenda o que é a cárie

Para começar, é importante contextualizar e explicar o que é esse problema dentário tão comum.

De modo geral, a cárie é a formação de buracos ou cavidades nos dentes, gerados, principalmente, pelo acúmulo de bactérias na região, que vão se alimentando da estrutura dos dentes e se multiplicando.

Caso não seja tratada rapidamente, as cáries podem causar estragos significativos nos dentes, que nem mesmo certos tratamentos odontológicos, como a lente de contato dental, podem resolver.

Por conta dessa deterioração que ocorre nos dentes, em decorrência da formação das cáries, esse problema só pode ser resolvido em consultórios odontológicos, mediante a procedimentos cirúrgicos.

Como estamos falando da multiplicação de bactérias, pode ser que surjam mais de uma cárie de uma só vez, isso é bastante comum, pois as bactérias vão se espalhando e se alojando em diferentes dentes, causando esses estragos.

Como a cárie surge?

Como dissemos, o aparecimento das cáries está totalmente relacionado com os hábitos cotidianos que as pessoas têm, em diferentes aspectos:

  • Dieta alimentar;
  • Vícios;
  • Higienização bucal;
  • Acompanhamento odontológico.

É importante destacar que, basicamente, todos os problemas bucais estão relacionados a esses aspectos listados anteriormente. 

Problemas estruturais nos dentes, por exemplo, que precisam ser corrigidos com tratamentos odontológicos, como o uso de aparelho ortodôntico, normalmente surgem da mesma maneira que as cáries.

Saiba quais são os cuidados necessários

A alimentação, por exemplo, tem um papel fundamental nesse sentido, tanto pelo lado ruim como pelo lado bom. 

As práticas que as pessoas têm após se alimentarem também tem uma influência muito grande, pois são justamente os alimentos que fazem com que as bactérias comecem a se multiplicar na boca.

Por isso, é muito importante que as pessoas tenham alguns hábitos de higienização após as refeições, como a escovação dos dentes e uso de fio dental. 

Essas práticas fazem com que os dentes sejam limpos e os alimentos que ficam presos nos dentes, formando a placa bacteriana, sejam retirados.

Para quem utiliza algum tipo de aparelho ortodôntico, esses cuidados precisam ser ainda mais reforçados.

Afinal, além de impedir que surjam novos problemas bucais, permite que os tratamentos sejam mais eficazes e demorem menos tempo para serem finalizados, já que não foram interrompidos.

Existem diferentes tipos de aparelhos para os dentes, como o fixo, móvel e o invisível, e cada um possui uma aparência e um funcionamento específico. 

Entretanto, independentemente de qual aparelho dentário a pessoa esteja utilizando, é fundamental que ela preste ainda mais atenção com essas práticas de higienização.

A importância da dieta alimentar

Em relação à dieta alimentar e sua conexão com o surgimento das cáries, é importante destacar os dois lados: os alimentos que fazem bem para os dentes e os que são prejudiciais.

Para que as cáries surjam na boca de alguém, é bem possível que essa pessoa esteja com uma dieta alimentar desbalanceada, repleta de alimentos que são prejudiciais para os dentes, especialmente os açúcares.

Quando ouvimos falar em cáries, naturalmente associamos a alimentos açucarados, e isso tem total relação. 

Doces, bolos, balas, chicletes e refrigerantes, por exemplo, são extremamente prejudiciais, pois ficam grudados nos dentes, servindo como subsídio necessário para a proliferação de bactérias nos dentes e, por isso, devem ser evitados.

Mais ainda, existem alimentos que são prejudiciais em outros sentidos, ou em momentos mais específicos. 

Certas comidas com coloração destacada, por exemplo, podem atrapalhar o processo de clareamento dental, um tratamento muito comum no ramo da odontologia, pois, por conta dessa forte pigmentação, podem manchar os dentes durante o processo de clareamento.

Em contrapartida, existem alimentos que são muito importantes e fortes aliados da saúde bucal, pois possuem propriedades que fortalecem, calcificam, dão melhores condições estruturais para os dentes ou são importantes para certos tipos de tratamentos.

Conheça alguns alimentos e grupos de alimentos que são importantes e devem ser consumidos com maior frequência dentro de uma dieta alimentar:

  • Verduras escuras;
  • Peixes;
  • Frutas;
  • Laticínios;
  • Castanhas;
  • Vitaminas.

Lembre-se de consultar o seu dentista

Para finalizar, é importante destacar que todos devem comparecer aos dentistas para mais recomendações. 

Além desses especialistas realizarem diversos tipos de tratamentos odontológicos, como o implante dentário, eles sabem exatamente os processo que levam ao surgimento da cárie e também como evitá-las.

Dessa maneira, comparecer com regularidade aos dentistas é muito importante para que você tenha uma saúde bucal de qualidade e duradoura.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

LEIA TAMBÉM:

Rolar para o topo
%d blogueiros gostam disto: