Pode Colocar Plastico no Microondas?

O plástico é usado praticamente em tudo na nossa vida, incluindo para armazenar alimentos, determinados tipos de vasilhas e embalagens não devem ser usadas no microondas.

Pode Colocar Plastico no Microondas

Faz mal por plástico no microondas?

O plástico é um material sintético ou semi-sintético durável, leve e flexível e pode ser transformado em uma variedade de produtos, incluindo utensílios domésticos, como recipientes e vasilhas para armazenar alimentos e bebidas, mas, você pode se perguntar se pode colocar vasilha de plástico no microondas para preparar ou aquecer alimentos ou sua bebida favorita ou reaquecer as sobras.

Este artigo explica se você pode colocar plástico no microondas com segurança.

Tipos de plástico

Antes de saber se pode colocar plástico no microondas, vamos entender os tipos de plástico que são fabricados. O plástico é um material composto por longas cadeias de polímeros, que contêm vários milhares de unidades repetitivas chamadas monômeros.

Embora normalmente sejam feitos de petróleo e gás natural, os plásticos também podem ser feitos de materiais renováveis, como polpa de madeira e até  de algodão.

Na maioria dos feitos produtos de plástico, você encontrará um triângulo de reciclagem com um número – o código de identificação da resina – que varia de 1 a 7. O número informa de que tipo de plástico é feito o produto.

Pode Colocar Plastico no Microondas
Tipos de plástico

Os sete tipos de plástico e produtos produzidos são:

  • Tereftalato de polietileno (PET ou PETE): garrafas de refrigerantes, potes de manteiga de amendoim e maionese e recipientes de óleo de cozinha
  • Polietileno de alta densidade (PEAD): recipientes para detergente e sabonete, leite, recipientes para manteiga e potes de whey protein.
  • Cloreto de polivinila (PVC): tubos de canalização, fiação elétrica, cortinas de chuveiro, tubos médicos e produtos de couro sintético
  • Polietileno de baixa densidade (PEBD): sacos plásticos, garrafas de pressão e embalagens de alimentos
  • Polipropileno (PP): tampas de garrafas, recipientes de iogurte, recipientes para armazenamento de alimentos, cápsulas de café de dose única e mamadeiras
  • Poliestireno ou isopor (PS): embalagem de amendoins e recipientes para alimentos descartáveis , pratos e copos descartáveis
  • Outros: inclui policarbonato, polilactido, acrílico, acrilonitrila butadieno, estireno, fibra de vidro e nylon

Alguns tipos de plásticos contêm aditivos para atingir as propriedades desejadas do produto acabado.

Esses aditivos incluem corantes, reforços e estabilizadores.

Porque não pode aquecer plástico no microondas?

A principal preocupação de colocar plástico no microondas é que ele pode deixar aditivos químicos nos alimentos, alguns dos quais são prejudiciais.

Os principais produtos químicos que podem passar para os alimentos são o bisfenol A e uma classe de produtos químicos chamados ftalatos, que são usados ​​para aumentar a flexibilidade e a durabilidade do plástico.

Advertisement

Esses produtos químicos – especialmente o bisfenol A – interrompe o funcionamento dos hormônios do corpo e foram associados à obesidade, diabetes e danos reprodutivos.

O bisfenol A é encontrado principalmente nos tipos de plásticos de policarbonato (PC) (número 7), que são muito utilizados desde a década de 1960 para fazer recipientes para armazenamento de alimentos, copos e mamadeiras.

O bisfenol A desses tipos de plásticos pode infiltrar-se nos alimentos e bebidas ao longo do tempo, bem como quando o plástico é exposto ao calor, como quando é colocado no microondas.

No entanto, hoje em dia, alguns fabricantes de produtos de plástico para preparação, armazenamento de alimentos trocaram o plástico de policarbonato por plástico sem BPA, como o Polipropileno PP.

A Food and Drug Administration (FDA), órgão semelhante a Anvisa dos EUA, também proíbe o uso de materiais à base de BPA em embalagens de alimentos para bebês, copos com canudinho e mamadeiras e etc…

Ainda assim, estudos demonstraram que mesmo os plásticos sem BPA podem liberar outros produtos químicos que causam interrupções hormonais, como os ftalatos, ou alternativas ao BPA como o bisfenol S e F , quando os alimentos são colocados no microondas. 

Portanto, geralmente é uma boa ideia evitar colocar plástico no microondas, a menos que, de acordo com o FDA, o recipiente seja rotulado especificamente para uso em microondas .

Conclusão:

O plástico são feitos principalmente de petróleo, e eles têm uma variedade de tipos e usos.

Embora muitas vasilhas para armazenamento, preparação e para servir alimentos sejam feitos de plástico, colocar plástico no de microondas, pode acelerar a liberação de substâncias químicas nocivas, como BPA e ftalatos.

Portanto, a menos que a vasilha de plástico seja especifica para microondas, evite o uso embalagens e vasilhas no microondas e substitua por recipientes de vidro ou louça.