Periodontite Tratamento, Causas e Sintomas

Periodontite Tratamento, Causas e Sintomas

O que é periodontite?

A periodontite é uma infecção grave das gengivas. É causada por bactérias que se acumularam em seus dentes e gengivas. Conforme a periodontite progride, seus ossos e dentes podem ser danificados. No entanto, se a periodontite for tratada precocemente e a higiene bucal adequada for mantida, o dano pode ser interrompido.

Quais são os estágios da periodontite?

A periodontite é uma infecção grave das gengivas
A periodontite é uma infecção grave das gengivas

A periodontite começa como inflamação e piora com o tempo.

Inflamação (gengivite)

Um dos primeiros sinais de gengivite é que suas gengivas sangram quando você ou escova ou usa fio dental.
Um dos primeiros sinais de gengivite é que suas gengivas sangram quando você ou escova ou usa fio dental.

A periodontite começa com inflamação na gengiva conhecida como gengivite . Assim, um dos primeiros sinais de gengivite é que suas gengivas sangram quando você ou escova ou usa fio dental.

Igualmente você pode notar alguma descoloração nos dentes. Isso é chamado de placa. A placa é então um acúmulo de bactérias e restos de comida nos dentes. Embora as bactérias estejam sempre presentes em sua boca, elas só se tornam prejudiciais quando as condições permitem que elas aumentem drasticamente. Decerto, isso pode acontecer se você não escovar ou usar fio dental nem fizer limpezas dentárias regularmente.

Doença periodontal precoce

Nos estágios iniciais da periodontite, as gengivas recuam ou afastam-se dos dentes e formam-se pequenas bolsas entre as gengivas e os dentes. As bolsas, certamente abrigam bactérias nocivas. Seu sistema imunológico tenta combater a infecção e o tecido da gengiva começa a recuar. Então, você provavelmente vai ter sangramento durante a escovação e uso do fio dental, bem como, possivelmente, alguma perda óssea.

Doença periodontal moderada

Se progredir para doença periodontal moderada, você pode sentir sangramento e dor ao redor dos dentes bem como recessão gengival. Seus dentes começarão a perder o suporte ósseo e se soltarão. A infecção da mesma forma pode levar a uma resposta inflamatória em todo o corpo.

Doença periodontal avançada

Na doença avançada, o tecido conjuntivo que mantém os dentes no lugar começa então a se deteriorar.
Na doença avançada, o tecido conjuntivo que mantém os dentes no lugar começa então a se deteriorar.

Não só as gengivas, bem como os ossos e outros tecidos que sustentam os dentes são destruídos. Se você tem periodontite avançada, certamente pode sentir dor intensa durante a mastigação,como também mau hálito grave e um gosto ruim em sua boca. Você provavelmente perderá seus dentes.

Quais são os sintomas da periodontite?

sintomas da periodontite
Sintomas da periodontite: Sangramento

Os sintomas dependem do estágio da doença, bem como incluem:

Gengivas que sangram quando ou você escova os dentes ou usa o fio dental
Mal hálito
Ou mudanças na posição de seus dentes ou dentes soltos
Gengivas recuadas
Gengivas vermelhas, ou sensíveis ou inchadas
Acúmulo de placa ou tártaro nos dentes
Dor ao mastigar
Perda dentária
Gosto amargo na boca
Inflamação no corpo

Os sintomas nos estágios iniciais da periodontite geralmente não são muito perceptíveis. Seu dentista provavelmente será o primeiro a diagnosticar.

O que causa a periodontite?

Pessoas saudáveis certamente têm centenas de diferentes tipos de bactérias em sua boca. Mas a maioria delas é completamente inofensiva. Então, quando você não limpa os dentes corretamente todos os dias, as bactérias crescem e se acumulam nos dentes.

Níveis de colesterol e sua associação com a saúde bucal

Como as gengivas são a força do dente, as gengivas mais fracas levam a dentes móveis e a má higiene bucal. Pacientes com níveis elevados de colesterol têm sido associados com maior nível de doenças da gengiva. O colesterol alto leva à destruição das gengivas e das áreas circundantes do dente.

Existe uma relação cíclica entre os lipídios séricos, as gengivas e a saúde sistêmica do paciente. E há uma relação bidirecional e interligada entre as gengivas mais fracas e a saúde sistêmica. Tem havido estudos realizados ao longo do tempo para encontrar uma correlação entre níveis elevados de colesterol e dentes soltos que provaram o fato de que níveis elevados de colesterol levam a gengivas mais fracas e dentes móveis quando comparados com indivíduos de nível normal de colesterol.

O alto nível de colesterol também está associado a bolsas periodontais profundas que levam à destruição do osso circundante, bem como do dente.

E com a progressão das bolsas periodontais, as bactérias e seus outros produtos entram no tecido periodontal e na circulação sanguínea, causando reações inflamatórias sistêmicas ou locais no paciente.

periodontite como se pega?

A periodontite principalmente é causada por má higiene dental. Então, quando você não escova os dentes e não limpa os lugares difíceis de alcançar em sua boca, acontece o seguinte:

Primeiramente, as bactérias na boca se multiplicam e formam uma substância conhecida como placa dentária.
Se você não remover a placa por escovação, as bactérias depositam minerais dentro da placa ao longo do tempo.
Este depósito mineral é conhecido como tártaro, o que estimulará mais crescimento bacteriano em direção à raiz do dente.
A resposta imunológica do seu corpo a este crescimento bacteriano leva à inflamação nas suas gengivas.
Em seguida, a fixação da gengiva à raiz de um dente é interrompida com o tempo, e uma bolsa periodontal (lacuna) pode se formar entre a gengiva e a raiz.
Por fim, bactérias anaeróbicas prejudiciais colonizam no bolso e se multiplicam, liberando toxinas que podem danificar as gengivas, os dentes e as estruturas ósseas de suporte.

periodontite como é causada

Além disso, alguns fatores aumentam o risco de periodontite, incluindo:

Advertisement

Tabagismo, que é um dos maiores fatores de risco para a periodontite
Diabetes tipo 2
Obesidade
Alterações hormonais em mulheres (como quando a menstruação, gravidez ou menopausa ocorre), o que pode tornar as gengivas mais sensíveis
Condições que afetam seu sistema imunológico, como o HIV ou a leucemia
medicamentos que reduzem o fluxo de saliva em sua boca
Genética
Má nutrição, incluindo uma deficiência em vitamina C

Periodontite como identificar?

Periodontite como identificar
Periodontite como identificar

Seu dentista poderá detectar sinais de periodontite em um estágio inicial durante um exame odontológico de rotina. Eles podem monitorar seu estado periodontal ao longo do tempo para garantir que ele não se agrave. É por isso que é importante que você visite um dentista regularmente para uma triagem.

Seu dentista pode usar uma pequena régua chamada sonda para medir os bolsos das gengivas. Este teste geralmente é indolor. Se a placa bacteriana, o tártaro ou ambos forem encontrados em seus dentes, seu dentista removerá essas substâncias como parte de uma limpeza dentária. Eles igualmente podem fazer radiografias dentárias ou encaminhá-lo para um periodontista, um especialista no diagnóstico e tratamento da doença da gengiva, para mais testes e tratamentos.

Periodontite complicações

Periodontite complicações
Periodontite complicações: perda de dentes

Se não for tratada, as estruturas de suporte dos dentes, incluindo os ossos da mandíbula, podem ser destruídas. Seus dentes ou se soltam e podem cair ou exigir extração. Outras complicações da periodontite incluem:

Abscessos dolorosos
Migração de seus dentes, o que pode interferir na alimentação
Recuo das gengivas e exposição das raízes dos dentes
Aumento do risco de complicações durante a gravidez, incluindo baixo peso ao nascer e pré – eclâmpsia
Aumento do risco de doença cardíaca , doença respiratória e diabetes

Periodontite tratamento

Periodontite tratamento : Implante dentário
Periodontite tratamento : Implante dentário

O tratamento visa remover os depósitos de placa bacteriana e bactérias em seus dentes e gengivas.

Práticas de higiene oral

Seu dentista lhe dará instruções sobre como reduzir o número de bactérias em sua boca, o que envolve manter seus dentes e gengivas limpos. Bem como lhe dará conselhos sobre como usar corretamente as escovas dentais e o fio dental, e pode recomendar outros produtos de higiene bucal, como enxague bucal.

remoção da placa

Durante a limpeza, o dentista removerá o acúmulo de placa bacteriana e o tártaro dos dentes e das raízes, polindo assim os dentes e tratando-os com flúor. Qualquer bolsa periodontal que tenha se formado pode exigir uma limpeza profunda para permitir a cicatrização. Um método de limpeza profunda chamado raspagem e alisamento radicular ajudará a raspar o tártaro e da mesma forma removerá quaisquer pontos ásperos na raiz do dente, onde as bactérias tendem a se acumular.

Antibióticos

Em alguns casos, seu dentista prescreverá antibióticos para tratar as infecções persistentes na gengiva que não tenham respondido às limpezas. O antibiótico pode estar na forma ou de um enxaguatório bucal, ou gel ou oral.

Seu dentista deve acompanhar o tratamento depois de algumas semanas e, depois, a cada três ou seis meses para avaliar seu progresso. Se bolsas periodontais ainda estiverem presentes, pode ser necessário outras opções de tratamento, como por exemplo a cirurgia.

Cirurgia

Se a inflamação persistir em locais inacessíveis à escovação e ao uso do fio dental, o dentista pode recomendar um procedimento cirúrgico chamado cirurgia do retalho para limpar os depósitos sob as gengivas. Sob anestesia, suas gengivas são removidas e as raízes dos dentes são limpas. Suas gengivas são então suturadas (costuradas) de volta ao lugar.

Se você teve alguma perda óssea, um procedimento conhecido como enxerto ósseo pode ser feito ao mesmo tempo que a cirurgia de retalho para regenerar o osso perdido.

Periodontite como evitar e prevenir

Periodontite como evitar e prevenir
Periodontite como evitar e prevenir

Escove os dentes duas vezes ao dia com um creme dental com flúor.
O uso de uma escova de dentes elétrica, que pode ser mais eficaz.
Passe fio dental pelo menos uma vez por dia para remover a placa bacteriana.
Visite seu dentista pelo menos duas vezes por ano para uma limpeza profissional.
Não fume nem mastigue tabaco.

Conclusão:

A periodontite pode ser evitada se for detectada e tratada precocemente. O tratamento é sempre muito bem sucedido.

Se você tem periodontite, o acompanhamento regular com um dentista é essencial para garantir que a doença não continue. Você terá que mudar seus hábitos de higiene dental e cooperar totalmente com as instruções do seu dentista para um resultado positivo. A perspectiva de longo prazo depende de seus próprios esforços com a higiene bucal e a avaliação contínua do seu dentista.

Além da periodontite progredir muito mais rapidamente em fumantes, essas pessoas geralmente têm uma perspectiva ruim com a periodontite. A grande maioria dos casos que não respondem ao tratamento envolve fumantes.

Fonte: www.healthline.com