Glibenclamida para que serve?

A glibenclamida é um remédio para diabetes tipo 2 e serve para ajudar o pâncreas a liberar insulina.

Glibenclamida para que serve

O que é Glibenclamida?

A Glibenclamida pertence a uma classe de medicamentos chamados sulfonilureias. Uma classe de medicamentos é um grupo de medicamentos que funcionam de maneira semelhante.

A Glibenclamida está disponível como medicamento de marca Daonil®. Também está disponível na forma de medicamento genérico. Medicamentos genéricos geralmente custam menos que a versão de marca. Em alguns casos, eles podem não estar disponíveis em todas as apresentações como o medicamento de marca.

A Glibenclamida pode ser usada como parte de uma terapia combinada. Isso significa que você precisa tomá-lo com outros medicamentos, como por exemplo com metformina.

Como funciona?

A Glibenclamida ajuda a liberar a insulina do pâncreas. A insulina move a glicose da corrente sanguínea para as células, que a transforma em energia. Este movimento reduz os níveis de glicose no sangue.

A Glibenclamida funciona ajudando seu corpo a liberar mais insulina no sangue.

Para que serve?

A Glibenclamida é um medicamento oral para tratamento do diabetes que ajuda a controlar a glicose no sangue.

A Glibenclamida é usada em conjunto com dieta e exercícios físicos para melhorar o controle do diabetes tipo 2 em adultos. Glibenclamida não é para o tratamento do diabetes tipo 1.

Programa Diabetes Controlada Dr. Rocha
Descubra como viver sem diabetes com controle da alimentação.

Efeitos colaterais

Efeitos colaterais mais comuns

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer com a Glibenclamida incluem:

Advertisement
  • Diarreia
  • Tontura
  • Dor de cabeça
  • Azia
  • Náusea
  • Gases
  • Ganho de peso

Se esses efeitos forem leves, eles podem desaparecer dentro de alguns dias ou algumas semanas. Se eles são mais graves ou não desaparecem, converse com seu médico ou farmacêutico.

Efeitos colaterais graves

Ligue imediatamente para o seu médico se tiver efeitos colaterais graves. Procure uma emergência seus sintomas parecerem fatais ou se você acha que está tendo uma emergência médica. Efeitos colaterais graves e seus sintomas podem ser:

  • Reação alérgica , com sintomas como:
  • Erupção cutânea ou bolhas
  • Coceira
  • Urticária
  • Inchaço do rosto, lábios ou língua
  • Problemas respiratórios
  • Hipoglicemia (baixo nível de açúcar no sangue), com sintomas como: suando muito, arrepios e sentir-se nervoso ou ansioso, dores de cabeça, tontura,
    tremor, visão embaçada, ritmo cardíaco acelerado, convulsões, perda de consciência, perda de coordenação,
  • Problemas no fígado, com sintomas como: urina escura, icterícia (amarelecimento da pele ou da parte branca dos olhos), sintomas como os da gripe.
  • Sangramento ou hematomas incomuns

Nesse vídeo o médico especialista em tratamento do diabetes, Dr. Rocha fala a respeito do funcionamento e efeitos colaterais da Glibenclamida

Conclusão:

A glibenclamida é um medicamento para tratamento do diabetes tipo 2. Funciona aumentando a produção de insulina pelo pâncreas a assim baixando a glicose no sangue. Apesar de ser uma medicação muito prescrita pelos médicos, tem vários efeitos colaterais e interação com outros medicamentos.

Não tome glibenclamida para emagrecer, se você não é diabético, pois os efeitos a médio e longo prazo são perigosos.

Isenção de responsabilidade:

Nós fazemos todos os esforços para garantir que todas as informações sejam factualmente corretas, abrangentes e atualizadas. No entanto, este artigo não deve ser usado como um substituto de uma consulta médica. Você deve sempre consultar seu médico antes de tomar qualquer medicamento. As informações sobre medicamentos aqui contidas estão sujeitas a alterações e não se destinam a cobrir todos os usos possíveis, instruções, precauções, avisos, interações medicamentosas, reações alérgicas ou efeitos adversos. A ausência de avisos ou outras informações para um determinado medicamento não indica que a combinação de medicamentos ou medicamentos seja segura, eficaz ou apropriada para todos os pacientes ou todos os usos específicos.

Fontes: