...

Dieta na gravidez é importante para a formação dos dentes do bebê?

Dieta na gravidez é importante para a formação dos dentes do bebê?

A partir do momento em que a mulher descobre a gravidez, durante os próximos nove meses tudo o que ela fizer influenciará diretamente na saúde e na formação do bebê, inclusive na resistência dos futuros dentes.

Assim como é necessário fazer o pré-natal, a mãe precisa ter acompanhamento odontológico durante a gestação.

Além disso, dieta seguida durante esse período é muito importante, pois todos os nutrientes que forem ingeridos servirão para a formação do corpinho e dentes dos pequenos.

Assim como a saúde bucal da mãe precisa de atenção e pode influenciar na gestação, os dentes do bebê também precisam ser levados em conta.

Para se ter uma ideia, do terceiro ao sexto mês, os dentinhos começam a se desenvolver e é muito importante o consumo de alimentos que tenham vitaminas A, C e D, cálcio, proteínas e fósforo.

Se não houver a ingestão suficiente destes nutrientes, o que for necessário para a formação dos dentes do bebê será retirado do organismo da mãe.

Contudo, dizer que o cálcio será extraído diretamente do dente da mãe é um mito.

Por isso, é necessário que o consumo de uma quantidade seja suficiente tanto para a mãe como para o neném.

A alimentação saudável não influenciará apenas na formação dos dentes, mas também evita problemas graves, como problemas de fenda palatina, que podem ocorrer devido ao tabagismo e a bebidas alcoólicas durante a gravidez.

Alimentos que ajudam na formação dos dentes

É importante ter uma alimentação balanceada e nutritiva, mas alguns alimentos podem ajudar na formação dos dentes.

Por isso, busque por alimentos ricos em cálcio e vitaminas, como:

  • Leite;
  • Queijo;
  • Grão de bico;
  • Espinafre;
  • Iogurte;
  • Couve.

Além da alimentação, invista em banhos de sol.

Isso porque algumas horas no sol são importantes para a fixação desses nutrientes nos ossos.

Saúde bucal da gestante

Diferente do que muitas pessoas pensam, não é proibido realizar procedimentos durante a gestação, apenas é preciso ter cautela e um profissional que saiba da sua gravidez.

Inclusive, até um implante dentário preço médio pode ser feito, se houver acompanhamento e os cuidados corretos.

Cuidar da saúde bucal da gestante é um fator muito importante.

No período da gestação é comum que alguns problemas dentários apareçam devido às alterações hormonais.

Por exemplo, é normal que as grávidas fiquem com a boca seca e é preciso beber bastante água para que isso não acarrete em problemas como inflamações e cáries.

Isso porque com o ressecamento da boca, a diminuição de saliva deixa os dentes desprotegidos e propensos a ter cáries.

As alterações hormonais também podem deixar as gengivas mais sensíveis, facilitando a periodontite. Devido aos enjoos, os dentes podem sofrer corrosão e ficarem mais fracos.

Problemas como esses podem ser resolvidos rapidamente em uma consulta odontológica, sem ter a necessidade de realizar um procedimento mais complexo, como um implante dentário.

Apesar disso, se houver tal necessidade, o acompanhamento correto é imprescindível para preservar a saúde da mãe e do bebê.

Como existem muitos mitos sobre a odontologia na gravidez, é bem comum que as futuras mamães evitem o consultório, porém isso pode ser bem perigoso.

Acompanhamento odontológico adequado

Não ter um acompanhamento odontológico é muito arriscado. A inflamação na gengiva, se não for tratada adequadamente, pode piorar até que as bactérias cheguem à corrente sanguínea, e isso pode induzir a um parto prematuro.

Mas não se desespere, pois se durante a escovação ocorrer sangramento e você perceber a gengiva mais inchada, procurar um dentista contribui para que haja o tratamento correto, não colocando em risco a saúde do bebê.

Procedimentos como tratamento de canal ou clareamento dental com moldeira também podem ser feitos sem medo, mas é interessante verificar a necessidade de fazê-los nesse momento.

Lembre-se que ter um incômodo é muito pior do que realizar um tratamento dentário. Então, procure seu dentista, fale sobre suas dúvidas e anseios e assim será mais fácil ter a saúde bucal correta na gestação.

Contudo, ainda cabe dizer que se for um tratamento estético, o mais recomendado é que se espere até o final da gravidez, como é o caso de colocar lente de contato de dente.

Para acompanhamento e cuidado correto o mais aconselhável é investir na higiene e realizar a limpeza três vezes ao dia, sempre utilizando o fio dental.

Ter uma higiene bucal correta e uma dieta balanceada e bem equilibrada auxiliam na formação fetal.

Da mesma forma que o pré-natal é importante, o auxílio odontológico também é e muitos problemas que ocorreriam devido a falta de higiene e falta de nutrientes, podem ser corrigidos de forma simples.

Por isso, busque acompanhamento odontológico e nutricional, assim você terá todo o respaldo para uma gravidez segura e tranquila.


Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Vue Odonto, uma rede especializada em atendimento odontológico com enfoque na humanização.

LEIA TAMBÉM:

Rolar para o topo
%d blogueiros gostam disto: