Pular para o conteúdo
Início » Diabético pode Comer Mandioca?

Diabético pode Comer Mandioca?

diabético pode comer mandioca

Diabético pode comer mandioca ou aipim?

A mandioca, também conhecida como aipim ou macaxeira, é um rizoma rico em amido que é cultivado principalmente nos continentes mais quentes, como a África, Ásia e América do Sul e muito usada na culinária Brasileira, mas será que o diabético pode comer mandioca?

A mandioca não deve ser comida crua. Isso porque contém quantidades tóxicas de glicosídeos cianogênicos, mas que podem ser reduzidos a níveis inócuos no cozimento. Além da cana-de-açúcar, a mandioca é uma das fontes mais ricas de carboidratos, segundo a Food Safety Network.

Por que o diabético pode comer mandioca?

diabético pode comer mandioca

diabético pode comer mandioca

6 bons motivos que o diabético pode comer mandioca:

Nesse vídeo, o médico, Dr. Rocha, especialista em diabetes, e criador do programa diabetes controlada, explica melhor se o diabético pode comer mandioca ou aipim: Assista!

1- Rico em minerais

A mandioca é uma boa fonte de minerais como cálcio, fósforo, manganês, ferro e potássio.

Estes minerais são necessários para o desenvolvimento, crescimento e função dos tecidos do seu corpo. Por exemplo, o cálcio é necessário para ossos e dentes fortes; o ferro ajuda na formação de duas proteínas – hemoglobina e mioglobina – que transportam oxigênio para os tecidos do corpo; e manganês ajuda na formação de ossos, tecido conjuntivo e hormônios sexuais.

O potássio é fundamental para a síntese de proteínas e ajuda na quebra dos carboidratos. Uma porção de 100 gramas de raiz de mandioca contém 16 miligramas de cálcio, 21 miligramas de magnésio, 271 miligramas de potássio, 27 miligramas de fósforo e 0,4 miligramas de manganês.

2- Rico em Fibra

A mandioca contém grandes quantidades de fibra alimentar, o que pode ajudar a prevenir a constipação.

Segundo o site da Mayo Clinic, a fibra também ajuda a perder peso, uma vez que inibe a fome.

Também pode ajudar a reduzir seus níveis de colesterol ruim, o que reduz o risco de doenças cardiovasculares.

Se você é diabético, então comer mandioca, que é rica em fibras pode ajudar a diminuir os níveis de açúcar no sangue. Isso ocorre porque a fibra retarda a absorção do açúcar na corrente sanguínea.

3- Rico em carboidratos

A mandioca contém 38 gramas de carboidratos por porção de 100 gramas. Isso faz com que seja uma boa fonte de energia para praticantes de atividades físicas. Pois  tais atividades esgotam o glicogênio muscular, que é a forma na qual a glicose é armazenada nos músculos. Assim, quando você come mandioca, os carboidratos são convertidos em glicose em seu corpo, que é então convertido em glicogênio e armazenado nos músculos.

4- Não contém glúten

Ausência da proteína alergênica – glúten – faz da farinha de mandioca um bom substituto para o centeio, aveia, cevada e trigo.

As pessoas diagnosticadas com doença celíaca e outras alergias ao glúten podem então comer alimentos feitos com farinha de mandioca ou tapioca. Embora assar bolos, pães e outros alimentos requeiram glúten para que possam inchar  e ganhar tamanho, ele pode ser substituído por guar e goma xantana.

5- Rico em saponinas

A mandioca é uma boa fonte de saponinas.

Estes fitoquímicos podem ajudar a reduzir os níveis de colesterol ruim ​​na corrente sanguínea. Pois se ligam aos ácidos biliares e ao colesterol, impedindo-os de serem absorvidos pelo intestino delgado.

Os efeitos antioxidantes das saponinas podem ajudar a proteger as células de danos causados ​​pelos radicais livres.

Um estudo realizado por cientistas da Universidade de Tianjin, publicado na edição de outubro de 2010 , também descobriu que as saponinas podem ajudar a prevenir o câncer.

6 – Baixo ÍNDICE GLICÊMICO

O Instituto de Pesquisa Alimentar e Nutricional  dos Eua, realizou uma estudo de curto prazo sobre o índice glicêmico e o efeito redutor de colesterol das da mandioca e descobriu que elas têm baixo índice glicêmico (GI ≤ 55). Assim liberam a glicose gradualmente no sangue .

De acordo com o resultado  do estudo, a mandioca tem muitos  benefícios para a saúde,  na prevenção do risco de doenças crônicas, como doenças cardiovasculares e diabetes mellitus.

Conclusão:

O diabético pode comer mandioca, mas devido ao seu alto teor de carboidratos, deve ficar atendo aos seus níveis de glicose.

Além disso, a mandioca é rica em vitaminas e minerais, e previne o colesterol ruim, e doenças cardíacas, muito comum nos diabéticos.

Agora, aproveite e substitua alimentos ricos em trigo por alimentos feitos com mandioca, como por exemplo, a tapioca.

Fontes:

LEIA TAMBÉM:

%d blogueiros gostam disto: