Diabético pode Comer Inhame?

O inhame é rico em fibras, vitaminas e minerais. potássio, manganês, cobre e vitamina C. Vários estudos descobriram que o inhame melhora o controle do diabetes, devido ao seu alto teor de amido resistente e fibras alimentares.

Diabético pode Comer Inhame

Quem tem diabete pode comer inhame?

O inhame é um tipo de tubérculo da família Dioscórea, originário da Ásia, África e do Caribe , eles são frequentemente confundidos com batata doce, no entanto, o inhame é menos doce e mais rico em amido, mas apesar disso, fica a pergunta: Diabético pode comer inhame?

O inhame é altamente nutritivo, fácil de preparar e tem vários benefícios para a saúde do diabético. Se você ainda está em dúvida se quem tem diabete pode ou não comer inhame, leia esse artigo…

Tabela nutricional do inhame

O inhame é rico em vitaminas, minerais e fibras.

Uma xícara (136 gramas) de inhame cozido fornece:

Calorias: 158
Carboidratos: 37 gramas
Proteína: 2 gramas
Gordura: 0 gramas
Fibra: 5 gramas
Vitamina C: 18% do valor diário (DV)
Vitamina B5: 9% da DV
Manganês: 22% da DV
Magnésio: 6% da VD
Potássio: 19% do DV
Tiamina: 11% da DV
Cobre: 23% do DV
Folato: 6% do DV

O inhame não é apenas uma excelente fonte de fibra, mas também rico em potássio e manganês, importantes para a saúde óssea, para o crescimento, o metabolismo e melhorar a função cardíaca. Esses tubérculos também fornecem quantidades grandes de outros micronutrientes, como cobre e vitamina C.

O cobre é vital para a produção de glóbulos vermelhos e absorção de ferro , enquanto a vitamina C é um forte antioxidante que fortalece seu sistema imunológico .

Benefícios do inhame para o diabético

1- Pode melhorar a função cerebral

O inhame contém um composto exclusivo chamado diosgenina, que promove o crescimento dos neurônios e melhora a função cerebral.

2- Alivia os sintomas da menopausa

O inhame pode ajudar a aliviar alguns sintomas da menopausa .

3- Propriedades de combate ao câncer

O inhame fornece vários antioxidantes que podem ter propriedades anticâncer

4-Reduz a inflamação

Os antioxidantes presentes no inhame podem ajudar a reduzir a inflamação.

A inflamação crônica está ligada a um maior risco de várias doenças, como doenças cardíacas, diabetes e obesidade.

5-Melhora o controle de açúcar no sangue

O inhame pode melhorar os níveis de açúcar no sangue.

Em um estudo, os ratos que receberam pó de inhame ou extrato de água de inhame apresentaram níveis reduzidos de açúcar no sangue em jejum e de hemoglobina Ac1, em comparação com os grupos de controle. O Ac1 é um exame de controle a longo prazo do açúcar no sangue.

Outro estudo descobriu que ratos que receberam quantidades maiores de extrato de inhame roxo apresentaram menor apetite, maior perda de peso e melhor controle do açúcar no sangue, em comparação com um grupo de controle .

Além disso, outro estudo em ratos descobriu que a suplementação com farinha de inhame reduziu a taxa de absorção de açúcar no sangue, o que levou a um melhor controle do diabetes. Esses efeitos são atribuídos ao amido e fibras resistentes do inhame.

O amido resistente passa pelo seu intestino sem ser digerido. Esse tipo de amido tem vários benefícios para a saúde, incluindo diminuição do apetite, além de níveis mais baixos de açúcar no sangue e sensibilidade à insulina.

O inhame tem também outros benefícios para a saúde, incluindo:

  • Melhor saúde digestiva. Estudos indicam que o amido resistente do inhame pode aumentar as enzimas digestivas que ajudam a quebrar os alimentos e aumentar o número de boas bactérias no intestino.
  • Perda de peso. Um estudo em animais descobriu que o extrato de inhame reduz a ingestão de alimentos, sugerindo que esses tubérculos podem ajudar a reduzir o apetite e melhorar a perda de peso. A fibra dos inhames também pode ajudar a emagrecer..
  • Efeitos antimicrobianos. Embora o mecanismo exato seja desconhecido, vários estudos observam que o extrato de inhame pode proteger contra certas bactérias resistentes a medicamentos.
  • Abaixa o colesterol. Em um estudo, as mulheres que ingeriram 390 gramas de inhame por dia durante 30 dias apresentaram uma redução de 6% nos níveis de colesterol no sangue.
Programa Diabetes Controlada Dr. Rocha
Programa Diabetes Controlada Dr. Rocha

Conclusão:

O inhame é um tubérculo rico em nutrientes que tem vários benefícios para a saúde, não só para o diabético mas também para todos. É uma ótima fonte de fibra , potássio, manganês, cobre e antioxidantes.

O diabético pode comer inhame, pois trás vários benefícios para a saúde, podendo melhorar a saúde do cérebro, reduzir a inflamação e melhorar o controle de açúcar no sangue.

O inhame é gostoso, fácil de preparar e um ótimo vegetal para incluir na na dieta para diabético, mas desde que dentro dos seus limites de consumo de carboidratos.

Isenção de responsabilidade 

Esse artigo é meramente informativo, dessa forma, não deseja substituir a consulta médica ou de um nutriionista.

 

Gostou desse artigo? Deixe um comentário