Diabetes Causa Doença Periodontal e Mau Hálito

Um dos sintomas do diabetes é o mau hálito e a doença periodontal, que pode causar gengivite e periodontite. O tratamento se baseia em manter o diabetes controlado e a boca sempre limpa.

Diabetes Causa Doença Periodontal e Mau Hálito

Doença periodontal e diabetes

A halitose ou mau hálito relacionado ao diabetes tem duas causas principais: doença periodontal e altos níveis de cetonas no sangue.

Sua respiração tem uma capacidade interessante de fornecer pistas sobre sua saúde geral. Um mau hálito doce e frutado pode ser um sintoma de cetoacidose, uma complicação aguda do diabetes. Um odor de amônia está ligado à doença renal. Da mesma forma, um odor muito forte de podre e frutado pode ser um sinal de anorexia nervosa. Outras doenças, como asma, fibrose cística, câncer de pulmão e doença hepática, também podem causar mau hálito na respiração.

O mau hálito, também chamado halitose, pode ser tão revelador que os médicos podem até identificar o diabetes. Recentemente, os pesquisadores descobriram que as analises da respiração podem ser uteis na identificação de pré-diabetes ou diabetes em estágio inicial.

Diabetes e doença periodontal

As doenças periodontais, também chamadas de doenças gengivais, incluem gengivite, periodontite leve e periodontite avançada. Nessas doenças inflamatórias as bactérias atacam os tecidos e ossos que sustentam os dentes. A inflamação pode afetar o metabolismo e aumentar o açúcar no sangue, o que piora a diabetes.

Embora o diabetes possa causar  doenças periodontais, essas doenças também podem criar outros problemas para as pessoas com diabetes. Segundo um relatório do Journal of Dental and Medical Sciences , estima-se que uma em cada três pessoas com diabetes também sofra doenças periodontais. Doenças cardíacas e derrames, que podem ser complicações do diabetes, também estão ligados à doença periodontal.

O diabetes pode danificar os vasos sanguíneos, o que pode reduzir o fluxo sanguíneo por todo o corpo, incluindo as gengivas. Se suas gengivas e dentes não estiverem recebendo um suprimento adequado de sangue, eles podem se tornar fracos e mais propensos a infecções. O diabetes também pode aumentar os níveis de glicose na boca, promovendo o crescimento de bactérias, infecções e mau hálito. Quando o açúcar no sangue está alto, fica difícil para o organismo combater infecções, o que dificulta a cicatrização das gengivas.

Se alguém com diabetes contrair uma doença periodontal, então pode ser mais grave e levar mais tempo para curar do que em uma pessoa sem diabetes.

Doença periodontal sintomas

O mau hálito é um sintoma de doença periodontal. Outros sinais incluem:

Advertisement
  • Gengivas vermelhas ou macias
  • Sangramento nas gengivas
  • Dentes sensíveis
  • Gengivas recuadas

Cetonas

Quando seu corpo não consegue produzir insulina, então suas células não recebem a glicose necessária para produção de energia. Para compensar, seu corpo muda para o plano B: queima de gordura. A queima de gordura em vez de açúcar produz cetonas, que se acumulam no sangue e na urina. As cetonas também podem ser produzidas em período grande de jejum ou em uma dieta rica em proteínas e com pouco carboidrato, embora não no mesmo nível da cetoacidose diabética.

Níveis altos de cetona geralmente causam mau hálito. Uma das cetonas, a acetona (um produto químico encontrado no esmalte), pode fazer com que a respiração cheire a esmalte.

Quando as cetonas atingem níveis muito altos, você corre o risco de ter uma condição perigosa chamada cetoacidose diabética (CAD). Os sintomas da cetoacidose diabética são:

  • Um odor doce e frutado no hálito
  • Micção mais frequente que o normal
  • Dor abdominal, náusea ou vômito
  • Níveis elevados de glicose no sangue
  • Falta de ar ou dificuldade em respirar
  • Confusão mental

A cetoacidose diabética é perigosa, principalmente para as pessoas com diabetes tipo 1  com diabetes não controlado. Se você tiver esses sintomas, então procure ajuda médica imediatamente.

Controlando o mau hálito do diabetes

Juntamente com neuropatia, doença cardiovascular e outras, a periodontite é uma complicação comum do diabetes. Você pode, no entanto, tomar medidas para evitar doenças gengivais ou diminuir sua gravidade. Assuma o controle com estas dicas diárias:

  • Escove os dentes pelo menos duas vezes por dia e use fio dental diariamente.
  • Não se esqueça de escovar ou raspar a língua, um excelente local de reprodução de bactérias fétidas.
  • Beba água e mantenha a boca úmida.
    Mantenha o diabetes controlado.
  • Use balas ou gomas de mascar sem açúcar para estimular a saliva.
  • Visite seu dentista regularmente e siga as recomendações de tratamento.
  • Informe ao seu dentista que você tem diabetes.
  • O seu médico ou dentista pode prescrever um medicamento para estimular a produção de saliva.
  • Se você usar dentaduras, verifique se elas se encaixam bem e tire-as à noite.
  • Não fume.
Programa Diabetes Controlada Dr. Rocha
Programa Diabetes Controlada Dr. Rocha

Conclusão:

O mau hálito pode ser um sintoma de várias doenças. Mas, se você tem diabetes, é importante estar ciente do que sua respiração pode estar lhe dizendo. Seu entendimento pode salvá-lo de doenças gengivais avançadas ou dos perigos da cetoacidose diabética.

Isenção de responsabilidade

Esse artigo é meramente informativo, dessa forma, não deseja substituir a consulta médica.

Fontes: