Como o coronavírus é transmitido

Cientistas e médicos estão investigando como o coronavírus é transmitido. Trouxemos novas informações da OMS e Centros de Controle dos Eua.

como o coronavírus é transmitido

Como pega coronavírus?

Como muitos outros, você provavelmente tem dúvidas sobre o coronavírus de 2019, e uma dessas perguntas pode ter a ver com a forma como o coronavírus é e transmitido.

Primeiro, uma breve explicação sobre o coronavírus: o nome clínico desse novo coronavírus é SARS-CoV-2. Representa coronavírus que causa a síndrome respiratória aguda grave 2.

Originou-se de uma família de outros vírus que causam doenças respiratórias como síndrome respiratória aguda grave (SARS) e síndrome respiratória do Oriente Médio (MERS).

Como o novo coronavírus é uma nova cepa, ele não é conhecido do nosso sistema imunológico. E ainda não há uma vacina para esse vírus.

Se uma pessoa contrai o vírus, o resultado é a doença chamada COVID-19 . Sendo um vírus respiratório, é transmitido através de gotículas respiratórias.

Vamos dar uma olhada em como o novo coronavírus é transmitido de uma pessoa para outra e o que você pode fazer para se proteger.

Como o coronavírus é transmitido de pessoa a pessoa

Acredita-se que o contato pessoa a pessoa seja o principal método de transmissão do vírus SARS-CoV-2, de acordo com os centros de controle e prevenção de doenças (EUA).

Imagine sentar ao lado de alguém com coronavírus no ônibus ou em uma sala de reuniões. De repente, essa pessoa espirra ou tosse.

Se eles não cobrirem a boca e o nariz, podem pulverizar você com gotículas respiratórias do nariz ou da boca. As gotículas que pousam em você provavelmente conterão o vírus.

Ou talvez você encontre alguém que contraiu o vírus e ele tocou a boca ou o nariz com a mão. Quando essa pessoa aperta sua mão, ela transfere parte do vírus para a sua mão.

Se você tocar a boca ou o nariz sem lavar as mãos primeiro, poderá acidentalmente dar a esse vírus um ponto de entrada em seu corpo.

1 pequeno estudo recente, sugeriu que o vírus também pode estar presente nas fezes e pode contaminar lugares como vasos sanitários e pias do banheiro. Mas os pesquisadores observaram que a possibilidade desse modo de transmissão ainda precisa ser confirmado.

Alguém pode transmitir o coronavírus mesmo que não tenha sintomas?

Neste momento, a Organização Mundial da Saúde (OMS) sugere que o risco de contrair o novo coronavírus de alguém que não está apresentando nenhum sintoma é muito baixo.

Mas atualmente surgiram algumas notícias preocupantes: especialistas acreditam que é possível que alguém com uma nova infecção por coronavírus pode transmitir para outras pessoas mesmo que não apresentem sintomas ou apresentem sintomas tão leves que não saibam realmente que estão contaminadas.

De acordo com o CDC, uma pessoa que contraiu o vírus é mais contagiosa quando apresenta sintomas, assim é mais provável que transmitam o vírus.

Mas alguém pode transmitir o vírus antes mesmo de começar a mostrar sintomas da própria doença. Os sintomas podem levar de 2 a 14 dias para aparecer após a exposição ao vírus.

1 estudo recente com 181 pacientes com COVID-19 encontraram um período médio de incubação de cerca de 5 dias, com mais de 97% apresentando sintomas 11 dias após a exposição ao vírus.

Coronavírus é transmitido por superfícies contaminadas?

como o coronavírus é transmitido
como o coronavírus é transmitido

Pense em todas as superfícies tocadas com frequência onde os germes podem estar à espreita: balcões de cozinha, balcões de banheiro, maçanetas, botões de elevador, a alça da geladeira, corrimãos nas escadas. A lista continua e continua…

Os especialistas não sabem ao certo quanto tempo o novo coronavírus pode sobreviver nessas superfícies. Mas se o vírus se comportar como outros vírus semelhantes, o tempo de sobrevivência do vírus poderá variar de algumas horas a vários dias.

O tipo de superfície, a temperatura da sala e a umidade do ambiente podem desempenhar um papel importante em quanto tempo o vírus pode sobreviver na superfície.

Mas como não sabemos ao certo, se você acha que uma superfície pode estar contaminada, então limpe-a completamente com um desinfetante. Uma solução diluída de água sanitária ou um desinfetante é provavelmente a forma mais eficaz para esse fim. Segundo o CDC.

Advertisement

E se alguém em sua casa estiver doente, limpe frequentemente essas superfícies. Lembre-se de lavar bem as mãos depois com água e sabão.

Coronavírus e gravidez

Os especialistas e médicos não determinaram se uma mulher pode transmitir o coronavírus no útero , durante o parto ou através do leite materno.

O médicos especialistas atualmente recomendam que mães com caso confirmado do vírus, bem como aquelas que tem os sintomas, fiquem temporariamente separadas de seus recém-nascidos. Essa separação ajuda a diminuir o risco de transmissão.

O CDC não divulgou nenhuma diretriz oficial sobre se mulheres com casos confirmados ou suspeitos de coronavírus devem evitar a amamentação. No entanto, sugeriram que essas mulheres tomassem essas medidas de prevenção:

  • Use uma máscara facial durante a amamentação, se possível.
  • Lave adequadamente as mãos antes de segurar ou amamentar o bebê.
  • Lave as mãos adequadamente antes de tocar em uma mamadeira ou bomba de leite.
  • Limpe a bomba de mama sempre que for usada.

Coronavírus como se proteger?

como prevenir o coronavírus
Como se proteger do coronavírus

Pode ser difícil evitar ser exposto ao vírus, especialmente se você precisa estar cercado por outras pessoas. Mas, de acordo com o CDC, há várias coisas que você pode fazer para se proteger:

  • Afaste-se. Tente ficar longe de pessoas que tossem ou espirram. A OMS sugere ficar a pelo menos 3 metros de distância de pessoas que podem estar doentes. 
  • Lave as mãos com frequência. Lave bem as mãos com água e sabão por pelo menos 20 segundos todas as vezes.
  • Use desinfetante para as mãos à base de álcool, se você não tiver acesso a água e sabão. Procure um produto que seja pelo menos 60% de álcool 
  • Evite tocar seu rosto. Você pode transmitir o vírus facilmente das suas mãos para a boca, nariz ou olhos, sem perceber.
  • Fique em casa. Isso é chamado “isolamento social”. Ficar longe de grupos de pessoas pode ajudar a evitar ser exposto.

LEIA TAMBÉM:


No momento, os especialistas dizem que não é necessário usar uma máscara facial para se proteger do coronavírus.

No entanto, os especialistas informam que as pessoas doentes devem usar uma máscara, principalmente se estiverem perto de outras pessoas.

Mitos e verdades sobre como o coronavírus é transmitido

Como as informações sobre o coronavírus de 2019 estão em constante evolução, os fatos podem ficar distorcidos. Isso pode levar a mitos e crenças que não são verdadeiras.

Aqui estão alguns mitos sobre como o novo coronavírus é transmitido.

Mito: picadas de mosquito podem causar o coronavírus de 2019

Não existe atualmente nenhuma evidência mostrando que alguém contraiu o vírus com uma picada de mosquito. Especialistas observam que é um vírus respiratório, não um vírus transmitido pelo sangue.

Mito: Você pode contrair o vírus se comprar produtos fabricados na China

De acordo com a OMS, é altamente improvável que o vírus permaneça na superfície de um produto fabricado na China e enviado para o Brasil  ou qualquer outro local.

Se estiver preocupado, você pode limpar a superfície do item com um pano desinfetante antes de usá-lo.

Mito: Cachorro e gato transmitem o coronavírus 

Novamente, há nenhuma evidência neste momento, para indicar que seu gato ou cachorro pode contrair esse vírus transmitir a você.

Mito: Comer alho pode impedir que você fique com COVID-19

Infelizmente para os amantes de pão de alho em todos os lugares, aumentar a quantidade de alho em sua dieta não o protegerá.

Sintomas 

O COVID-19 causa sintomas semelhantes aos de outros tipos de doenças respiratórias. Os sintomas típicos do COVID-19 são principalmente:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar

Agora, os sintomas semelhantes aos da gripe, como calafrios e dores no corpo, são menos comuns com o COVID-19.

Além disso, a falta de ar é mais pronunciada com o COVID-19 em comparação com a gripe sazonal ou resfriado comum.

Se você acha que tem sintomas do COVID-19, volte para casa e fique lá. Isolar-se em casa e ficar longe de outras pessoas pode retardar a transmissão do vírus.